Federação Catarinense de Motociclismo


 

Piracicaba sediará segunda
etapa do Brasileiro de Supercross


Piracicaba receberá no dia 1º de setembro os principais pilotos do cross nacional. Neste dia será disputada a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Supercross no Esporte Clube Piracicabano localizado na rodovia Luiz de Queiroz, Km 149, próximo a Santa Bárbara D’Oeste. A prova tem a supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo e leva ainda o nome de Copa PeléPró 2002.

Se na primeira etapa, em Botucatu, o alto nível dos competidores reservou algumas surpresas como a vitória de Fábio Soares Correa (Honda/NGK/Did/Scott/Controlflex), na categoria 250cc, superando o campeão brasileiro de motocross da temporada, Massoud Nassar (Honda/Mobil/Bieffe/Zelão), que chegou em segundo, nesta seguinte, a expectativa é a de que a competição ganhará muito mais em arrojo e competividade entre os pilotos. Àqueles como Paulo Stédile (Tork/Yamaha/Virilon/PMX/Kaerre), Jorge Balbi Júnior (Honda/Mobil/Ladro/Asw) e Milton “Chumbinho” Becker (Yamaha/Riffel/Kaerre), que travaram um bom duelo pelo título do motocross, querem encerrar a temporada com um saldo positivo no supercross.

Nas demais categorias, 80 e 125cc, a competição se iniciou com a confirmação de favoritismo dos campeões brasileiros de motocross da temporada. Rafael Zeni (Schincariol/Honda), ganhou a prova na 80cc e Roosevelt Assunção (Honda/Mobil/Pirelli/WV/Bieffe), na 125cc. Ambos prometeram repetir o feito no Brasileiro de Supercross.

A diferença entre o motocross e o supercross é praticamente nenhuma. No motocross a pista é mais extensa e larga e, no supercross, ela é curta e os obstáculos são muito mais radicais. Por isto a disputa é muito mais intensa, os tombos são mais freqüentes e é praticamente impossível ver um piloto largar bem e se isolar na frente como se vê em algumas vezes no motocross.

Botucatu

Na abertura do Brasileiro de Supercross, o paulista Fábio Soares Correa largou na frente e lidera a competição na categoria 250cc. Massoud Nassar foi o segundo colocado, seguido de Paulo César Stédile, Denis Cordeiro dos Santos, Milton Becker e Jorge Balbi Júnior. Na 125cc, Roosevelt Assunção foi o vencedor, seguido de João Paulino da Silva, Kristopher Florenzano, Fábio João Andolhe, Guilherme Lopes Moreira e Ismael Maia. Na 80cc, os resultados foram estes: Rafael Zenni, em primeiro, seguido de Cristopher Castro, Leandro Nunes da Silva, Renan Buniy, Felipe Miranda Grimberg e Max Balbi.

Apoio:

FCM

Federação Catarinense de Motociclismo

Rua Comandante José Ricardo Nunes, 79
Capoeiras - Florianópolis - SC - 88070-220
Fone: (48) 3248-1950 Fax: 3348-8681
Email: fcm.sec@gmail.com

2001-2015 Todos os direitos reservados - Proibida reprodução do conteúdo sem autorização.